sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Faintly Falling Ashes


E começa como o anterior, um simples novo dia.
Não importam as querelas do dia anterior, as lágrimas de um ano de luta, não importam os sorriso que se perdem no outrora, o que acontece, o que realmente importa é a única constante nas nossas vidas, a continuidade desta mesma.
Os céus escurecem, a chuva cai. Uma percussão eterna da natureza, nunca terminando, renovando-se sempre, cada gota que cai contribui para a melodia simples que invade as ruelas por onde andamos, e a vida? Essa continua.
Mesmo depois de estar aqui, dos meus problemas acabarem, das alegrias passarem, a vida vai continuar, sempre em renovação, o enredo o mesmo, os actores mudando.
E quando é tudo tão efémero, quando a vida é reduzida a isto, porque desejamos complicá-la tanto?
Respiro fundo então, o amanhã é só mais um dia, por isso não morro por hoje, não choro por ontem, nem anseio o amanhã, são apenas dias, e virão muitos mais, em qualquer formato desejável ou desprezível mas, virão.
Não posso ter pressa de viver tudo hoje, porque não morro amanhã, um passo de cada vez lembro a mim mesmo.
E as paixões que se apagam, acenderão novas um dia e portanto não devo ansiar o passado, os amigos vão-se embora mas, o que importa é os amigos que tiver amanhã.
Subo a rua do Alecrim, as cercas de metal desgastado paralelamente a mim, as luzes da cidade iluminando cada passo, a chuva a mistificar cada espaço, andar faz-me feliz.
E as árvores mudam as cores, e os céus escurecem, as ruas enchem-se e ficam vazias, uma história cada dia, e o que receio não conseguir alcançar hoje, a impossibilidade de ter tudo? Posso tentar de novo amanhã.
E desapareço agora no meio das pessoas, debaixo das luzes de natal, desaparecendo mundo a dentro, por entre contos, histórias, palavras
É Natal e sou feliz, não a pensar no passado, não a morrer no presente, não ansiando o futuro. Apenas vivendo.


Feliz Natal a todos.

Um comentário:

Martha disse...

there we go, Lisbon again..

Would you drop Lisbon for a few seconds and move with me to L.A.?
(bom Natal, Pedrocas)